Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Bandeira tarifária: Sandra diz que emendas corrigiram injustiça

Publicado

em

Em nota encaminhada ao Portal do Holanda, a senadora Sandra Braga explica que dos 153 municípios brasileiros parcial ou totalmente isolados, em 31 deles, localizados nos estados de Roraima e Amapá, os consumidores de energia eram tratados com justiça, pois não pagavam as bandeiras tarifárias. Quanto ao Amazonas , apenas Manaus está totalmente interligada e, quanto a isto, não há nenhuma divergência entre os técnicos da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e os do Ministério de Minas e Energia. Veja a nota na íntegra

Prezado jornalista,


"A assessoria da senadora Sandra Braga esclarece que as emendas apresentadas por ela à MP 677 se destinavam a corrigir uma injustiça, praticada contra consumidores não apenas do Amazonas, mas também de outros cinco estados. As bandeiras tarifárias eram cobradas em áreas isoladas ou parcialmente interligadas ao Sistema Elétrico Nacional, daqueles que não usufruíam dos serviços.


Dos 153 municípios brasileiros parcial ou totalmente isolados, em 31 deles, localizados nos estados de Roraima e Amapá, os consumidores de energia eram tratados com justiça, pois não pagavam as bandeiras tarifárias. Era essa a justiça que Sandra Braga reivindicava, por meio de suas emendas, aos outros 122 municípios, 61 deles situados no interior do estado.


No Amazonas, apenas Manaus está totalmente interligada e, quanto a isto, não há nenhuma divergência entre os técnicos da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e os do Ministério de Minas e Energia. Sendo a interligação de Manaus um fato consumado, a afirmação de que a senadora pretendia incluir a capital na lista de municípios parcial ou totalmente isolados não encontra amparo na realidade.


Não pode, portanto, ter havido veto à cidade de Manaus, quando ela não foi objeto das emendas da senadora aprovadas pelo Congresso Nacional.


Assessoria de Comunicação da senadora Sandra Braga"

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.