Banda intensifica ensaios para a disputa de campeonato

Por

09/07/2014 17h14 — em Amazonas

Alunos da banda marcial da escola estadual Petrônio Portela estão ensaiando  para representar o Estado do Amazonas no Campeonato Mundial de Bandas de Marcha e Show – World Championship of Marching Show Bands (WAMSB) – que será realizado entre os dias 30 de julho e 3 de agosto em Bragança Paulista, interior de São Paulo.

A primeira disputa da Banda Petrônio Portela será contra o Colégio Nossa Senhora das Mercês representante do Rio de Janeiro. As bandas competirão na modalidade “Batalha de Percussão”.

De acordo com o cronograma geral do WAMSB, serão 26 bandas, entre nacionais e internacionais, que participarão do evento e concorrerão em três categorias: “Parada Competitiva”, “Show Competição” e “Batalha de Percussão”.

Faltando poucos dias para a disputa, o maestro da escola Petrônio Portela, Wellington Brito, destaca que os ensaios estão em ritmo acelerado. Os 85 alunos integrantes da banda, segundo ele, estão ensaiando exaustivamente, uma vez que vão competir em três modalidades.

“Antes da disputa, iremos realizar uma apresentação especial para o público de Manaus. A ideia é fazer um aquecimento do que estamos ensaiando. Será muito importante para o nosso Estado ganhar esse campeonato”, destacou o maestro.

Para a apresentação em São Paulo a banda interpretará músicas espanholas como “Estancia”, do compositor Jay Dawson e “Malagueña” do compositor Ernesto Lecuona. A proposta é usar uma diversidade de instrumentos como trompetes, trombone, trompa, bombardinos, tubas, caixa, bumbo, prato e outros.

Trilhando o sucesso – A Banda Marcial da Escola Estadual Senador Petrônio Portela ou “Corporação Musical Petrônio Portela (Compep)” foi criada em 2003 com objetivo de atender a diversidade cultural dos discentes da escola. A banda executa músicas de estilo clássico e popular.

Em 2010, foi elevada à categoria de banda marcial com a formação divida em 15 integrantes no corpo coreográfico, 15 na linha de frente e 55 na banda.

A banda marcial coleciona títulos nas categorias Linha de Frente, Mor Comando, Banda, Corporação Musical e Corpo Coreográfico em apresentações no Estado, mantendo o status de invicta até hoje.

Projeto – A Banda Marcial da escola teve início dentro do projeto “Fanfarra Escolar”, coordenado pela Seduc. O projeto vem se destacando ao longo dos anos por revelar e aprimorar talentos dentro das escolas.

Desenvolvido em dezenas de escolas na capital e interior do Amazonas, a iniciativa tem como foco o desenvolvimento social dos estudantes estimulando a percepção musical, a criatividade, iniciativa e a autodisciplina.