Arena Amazônia na lista de delatores da Andrade Gutierrez

Por Portal do Holanda

01/03/2016 21h59 — em Amazonas

Além de revelarem que que pagaram divida da campanha de Dilma em 2010,  executivos da Andrade Gutierrez assumiram compromisso com o Ministério Público Federal de revelarem irregularidades nas obras da Arena Amazônia, Angra 3, Maracanã, hidrelétrica de Belo Monte e Petrobras. No caso da Arena Amazônia, pode envolver agentes públicos locais. 


 Dirigentes da Andrade Gutierrez afirmaram em depoimentos ao Ministério Público Federal que a empresa pagou despesas de fornecedores da campanha eleitoral da presidente Dilma Rousseff em 2010, sem que os gastos tenham sido devidamente registrados na prestação de contas apresentadas à Justiça Eleitoral. Só com um dos fornecedores, a Pepper Comunicação, a Andrade Gutierrez teria desembolsado aproximadamente R$ 6 milhões. O pagamento teria sido feito a partir da simulação de um contrato de prestação de serviços entre as duas empresas, .

As acusações teriam sido feitas pelo ex-presidente da Andrade Gutierrez Otávio Azevedo e ratificadas pelo executivo Flávio Barra. Os dois teriam feito as declarações depois de negociarem acordo de delação premiada com o Grupo de Trabalho da Procuradoria-Geral da República encarregado das investigações de políticos com foro no Supremo Tribunal Federal (STF). Eles teriam prestado depoimento sobre o caso na semana passada.

 

O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas