Amazonas fica em 2º lugar no crescimento de novos negócios

Por Portal do Holanda

18/09/2020 14h46 — em Amazonas

Periodo de apuração dos dados é de maio a agosto deste ano - Foto: Divulgação/Jucea

Manaus/AM – O Amazonas ficou em segundo lugar entre os estados brasileiros que apresentaram os maiores crescimentos percentuais na abertura de negócios, no período de maio a agosto, em comparação ao primeiro quadrimestre de 2020, com um aumento de 16,6%. 

A informação é do Boletim do Mapa de Empresas - 2º Quadrimestre, divulgado na quinta-feira (17/09) pela Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia.

Os dados do boletim mostram ainda que a Junta Comercial do Estado do Amazonas (Jucea) registrou, de maio a agosto, um total de 13.578 novas empresas. O número representa uma variação de 16,6%, em relação ao primeiro quadrimestre de 2020, e de 21,3%, em relação ao 2º quadrimestre de 2019. Segundo o boletim, o avanço dos números do Amazonas se destaca em contraponto ao primeiro quadrimestre de 2020, quando havia registrado um maior crescimento no número de empresas fechadas.

De acordo com a presidente da Jucea, Maria de Jesus Lins, a partir do relatório será possível verificar quais medidas precisarão ser tomadas para que a autarquia amazonense melhore o tempo de espera do cidadão e o ambiente de negócios no Amazonas.

Para a elaboração do relatório, a Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia analisa os dados de registro mercantil das juntas comerciais dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal.