No Amazonas, barco sofre pane mecânica e alunos deixam de fazer prova do PSC

Por Portal do Holanda

01/12/2019 23h40 — em Amazonas

Foto: Reprodução Facebook

Alunos de escolas do município de Autazes que fariam provas neste domingo (1) do Processo Seletivo Contínuo (PSC) 2020 para todas as etapas, em Manaus, foram prejudicados após o barco fretado para levar os jovens para a capital, ter apresentado problemas no meio do rio.

Segundo informações, após a pane mecânica, alguns alunos foram resgatados em lanchas e outros ficaram dentro da embarcação a deriva. Em uma conta no Facebook, o parente de um dos prejudicados externava a frustração e relatava que os alunos haviam ficado sem comer, além de perder a chance de entrar em uma universidade por meio do processo.

Em uma rede social, a Prefeitura de Autazes explicou sobre o caso. Leia na íntegra:

Em resposta à matéria jornalística publicada no Portal Amazonas Atual e em outros portais amazonenses, a Prefeitura de Autazes informa que em hipótese alguma os alunos que estavam no barco São Joaquim de Autazes a caminho de Manaus, estavam só com o café da manhã. Pelo contrário, pois nos preocupamos em suprir todas as necessidades dos estudantes durante a viagem.

Essa viagem foi planejada semanas atrás com os professores responsáveis Adalberto e Diana, que acompanharam os alunos durante todo o trajeto.

Infelizmente a embarcação teve uma pane no motor e como consequência atrasou a viagem dos alunos que iriam fazer a prova do PSC.

Estudantes que participaram da seleção da Fundação Matias Macheline também estavam na embarcação e felizmente conseguiram chegar no local a tempo. Já disponibilizamos vans e ônibus para buscar os alunos em Manaus.

Nos desculpamos pelo transtorno e reafirmamos nossa disposição em resolver toda a situação com os responsáveis por cada adolescente.

E de forma alguma a Prefeitura tentou prejudicar os alunos, mas sim, dar novas possibilidades a todos os estudantes que buscam por um futuro melhor.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas