Siga o Portal do Holanda

Agenda Cultural

Festival Música na Estrada terá diva da MPB e espetáculos de dança em Manaus

Publicado

em

Foto: Divulgação

Manaus/AM - Show de turnê de uma das divas da MPB, espetáculos de dança e música clássica, com solistas nacionais convidados, farão parte da 8ª edição do Festival Música na Estrada, que volta a Manaus entre os dias 21 e 24 de março. Além das apresentações artísticas gratuitas que serão realizadas no Teatro Amazonas, o Festival promoverá masterclasses, workshop e intercâmbio cultural com os Corpos Artísticos do Estado do Amazonas e público em geral.

Abrindo a programação cultural no Teatro Amazonas, no dia 22 de março (sexta-feira), às 20h,  a cantora Joanna celebra 40 anos de carreira com o show da turnê "De Volta ao Começo", que simbolizou a volta da diva da MPB aos palcos.

Em uma performance contagiante, a cantora trafega pela memória musical que a consagrou na América Latina e Europa, com sucessos como Espelho, Descaminhos, Vertigem, Mensagem para Você, além de um roteiro que  homenageia grandes nomes como Milton Nascimento, Chico Buarque, Cazuza, Gonzaguinha, entre outros.

Com um estilo único, o show de Joanna tem como marca a alegria e a versatilidade da cantora para transitar por diversos gêneros musicais.

Um noite de Dança - Dando continuidade às apresentações artísticas do Festival, no dia 23 de março (sábado), às 20h, o Corpo de Dança do Amazonas (CDA) se une à Cisne Negro Cia. de Dança,  de São Paulo, para apresentar dois espetáculos ao público manauara: "Mata" e "Sra. Margareth".

Em "Mata", de Clébio Oliveira, o CDA apresenta um espetáculo de dança contemporânea com características fortes, mas, ao mesmo tempo, sensível e poético. De acordo com o coreógrafo, a apresentação é uma reflexão a respeito do sentimento de pertencimento social, que teve como ponto de partida a ideia de ser indígena e o sentimento de ser estrangeiro em seu próprio país.

Em seguida, é a vez do espetáculo "Sra. Margareth", com excertos de “Monger”, uma adaptação do premiado coreógrafo israelense Barak Marshall para a Cisne Negro Cia. de Dança.  “Monger” é um trabalho de dança-teatro para 10 bailarinos e conta a história de um grupo de funcionários preso no porão da casa de uma patroa abusiva. Na trilha musical da obra, Barak combina elementos da música cigana e do sudeste europeu, passando pela música clássica e rock.

Considerada umas melhores companhias contemporâneas no país, a Cisne Negro é sucesso de crítica e já foi assistida por cerca de 2,5 milhões de pessoas em 17 países.

Música clássica - No último dia de apresentações artísticas, no dia 24 de março (domingo), às 11h, o público infantil também poderá prestigiar o Festival, com a Sinfonia dos Brinquedos e o Carnaval dos Animais.

Neste concerto com a Orquestra de Câmara do Amazonas (OCA) e participação do Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas, as crianças poderão conferir as obras “Sinfonia dos Brinquedos (ca.1760)”, de Edmund Angerer; “O Carnaval dos Animais, grande fantasia zoológica (1886)”, de Camille Saint-Saëns; além da coreografia de Adriana Góes, realizada pelos bailarinos do Balé Experimental. A regência será do maestro Marcelo de Jesus, diretor dos Corpos Artísticos da SEC e regente titular da OCA.

Finalizando a programação artística no dia 24 de março, às 19h, a Amazonas Filarmônica, o Coral do Amazonas e o Coral Infantil do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro apresentam a cantata cênica "Carmina Burana" (1936), do compositor alemão Carl Orff  (1895-1982). A obra é baseada na coletânea de escritos medievais homônima, que reúne textos sobre amor, sorte e azar, a primavera e bebidas. Sucesso de público até os dias atuais “Carmina Burana” foi um marco na carreira de Carl Orff e, após sua estreia, influenciou grande parte das composições do autor.

O evento ainda terá a participação especial de solistas convidados, como a soprano ítalo-brasileira Camila Titinger, que tem tido grande destaque na Europa;  o tenor gaúcho Flávio Leite, um dos mais atuantes e versáteis cantores líricos brasileiros; e o premiado barítono carioca Inacio de Nonno.

Oficinas - Assim como nas edições anteriores, a 8ª edição do Festival Música na Estrada também promoverá uma programação com foco na formação, por meio de masterclasses e oficinas gratuitas. Entre os dias 21 e 23 de março, no Centro Cultural Palácio da Justiça e Teatro da Instalação, os artistas convidados a Manaus compartilharão suas experiências com o público manauara.

Nos dias 21, 22 e 23 de março, Flavio Leite, Inacio de Nonno e Camila Tittinger realizarão masterclasses no Palácio da Justiça, das 14h às 17h. Já o Teatro da Instalação terá workshop criativo de Linguagem Contemporânea, em um encontro entre a Cisne Negro Cia. de Dança, Corpo de Dança do Amazonas e público em geral, às 16h.

Interessados em participar da masterclasses e workshop podem realizar inscrição gratuita por meio do site do Festival (musicanaestrada.art.br), na guia Inscrições.

Intercâmbio - Um dos objetivos do Festival Música na Estrada é promover o intercâmbio artístico entre as diferentes regiões do país. Em novembro de 2018, no início da programação da 8ª edição, músicos da Orquestra de Violões do Amazonas (Ovam) e Amazonas Filarmônica estiveram em Belém (PA) e Boa Vista (RR) para realizar apresentações e oficinas de violão, violino, de cordas e sopro.

 

Saiba por que Wilson Lima estica a corda no pescoço dos professores

-

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

 Siga o Holanda

Amazonas

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.