Siga o Portal do Holanda

Política

PT paga R$ 1,5 milhão para advogados que defendem Lula

Publicado

em

Foto: Marcos Alves

BRASÍLIA — O escritório Teixeira, Martins e Advogados, dos criminalistas Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Martins, que atua na defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em processos da Lava-Jato, recebeu R$ 1,5 milhão da campanha presidencial do PT neste ano. Segundo registro feito no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o valor foi repassado a título de "consultoria jurídica referente a processo eleitoral'.

De acordo com a campanha do partido, o escritório foi remunerado para a "atuação na Justiça Eleitoral para o PT e para a extinta candidatura do ex-presidente Lula". O escritório atuou junto ao TSE na tentativa de validar um documento assinado por integrantes do Comitê de Direitos Humanos da ONU a favor da candidatura de Lula. Os advogados atuaram no mesmo caso também no Supremo Tribunal Federal.

Os defensores sustentaram que dois membros do comitê de Direitos Humanos da ONU emitiram liminares a favor de Lula. Autoridades brasileiras, entretanto, questionaram a validade do documento da ONU porque são 18 o número de cadeiras no comitê. A Justiça Eleitoral decidiu pela aplicação da Lei da Ficha Limpa e Lula tornou-se inelegível, sendo substituído por Fernando Haddad.

Na prestação de contas da candidatura de Lula, que foi indeferida, foram registradas despesas de R$ 20,5 milhões, sendo R$ 1,5 milhão para o escritório - ou 5,6% dos custos totais da campanha. Procurado para falar sobre o assunto, o escritório não se manifestou. 


 

A turma da direita vai prá rua, mas seu principal líder arregou

Para compartilhar esteconteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.