Siga o Portal do Holanda

Ele cortou os cabelos dela

Industriário suspeito de torturar e manter adolescente em cárcere privado é preso em Manaus

Publicado

em

Foto: Josemar Antunes/Portal do Holanda

Manaus/AM - A polícia apresentou na manhã dessa segunda-feira (19), um industriário de 31 anos suspeito de agredir e manter em cárcere privado a ex-companheira, uma adolescente de 16 anos. O crime ocorreu no último dia 10 de março, no município de Presidente Figueiredo, no interior do Amazonas. Segundo a delegada Marília Campelo, titular da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM), a vítima e o agressor estavam separados há cerca de dois anos, quando se reencontraram em uma festa e decidiram seguir para a casa dele.

Ao chegarem ao local, o homem teve um surto de ciúmes e tentou forçar a menor confessar uma traição, como não concordou, ela passou a ser espancada por ele e impedida de deixar a casa.

Marília conta que a vítima foi humilhada e agredida física e psicologicamente a madrugada inteira. Nesse período propôs deixá-la ir embora se ela saísse sem roupas na rua:

“Num determinado momento ele disse que ela só podia sair da casa totalmente nua. E ela em um ato de desespero chegou a tirar a roupa inteira pra sair de lá, mas ele a puxou pelos cabelos de volta para o quarto e retomou as agressões. Ela foi novamente agredida durante o dia e em um último ato, ele cortou todo o cabelo dessa vítima deixando vários buracos na cabeça dela”.

A moça só conseguiu sair do imóvel porque a própria irmã do acusado procurou o pai da jovem e revelou que ela estava sendo mantida em cárcere no endereço dele. Quando o senhor chegou ao local, o agressor ainda tentou escondê-la e mentiu para o homem dizendo que a filha não estava lá. Mas um dos irmãos dele abriu a porta do quarto e a libertou.

A adolescente foi com familiares para a delegacia e o suspeito conseguiu fugir. Ele foi capturado nessa segunda-feira (18), no Distrito Industrial. Ela já colecionava dois boletins de ocorrência por agressão a menor e ainda responde crimes de ameaça e lesão corporal a outras pessoas.

Em depoimento ele alegou os dois discutiram e travaram luta corporal, porém, apresenta apenas um pequeno arranhão que pode ter sido causado pela tentativa de a vítima se defender. O homem ainda afirma que foi ex-companheira quem permitiu que ele cortasse os cabelos dela com uma tesoura. Ele vai responder por cárcere privado e lesão corporal.

Os irmãos dele também serão ouvidos no processo, uma vez que estavam na casa onde ocorreram as agressões, ouviram os gritos da vítima e nada fizeram para ajudá-la.

Amazonas Energia precariza atendimento e irrita consumidores

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.