Siga o Portal do Holanda

Dentro de 3 meses

Morre adolescente de família que teve 4 crianças mortas no Amazonas

Publicado

em

Foto: Arquivo Pessoal Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal

Manaus/AM - Fabrícia Cesário Garcia, de 16 anos, morreu nesta sexta-feira (6),  no Hospital João da Silva Bastos, em Codajás, a 240 quilômetros de Manaus.

A menina é pertencente à família que já teve quatro crianças mortas, com menos de cinco anos, no período de menos de três meses. Após excluída a hipótese de doença infecciosa, a possível causa da morte das crianças vem sendo apontada por profissionais da saúde como envenenamento. Mas segundo o secretário de Saúde do município de Codajás, Carlos Pinheiro, a menina era prima de 3º grau das vítimas e não convivia no mesmo ambiente que as demais.

A informação é de que a adolescente chegou ao hospital sentindo fortes dores no abdômen, náusea e vômito, teve paradas cardíacas seguidas e faleceu 30 minutos após entrar na unidade de saúde. Os sintomas são parecidos com os das outras vítimas.

Ainda segundo o secretário, a família não permitiu que os peritos fizessem exame de necropsia, mas o hospital coletou amostras de sangue, saliva e fios de cabelo, encaminhando os materiais à à Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), que está investigando as causas das mortes.

No relatório, o médico infectologista da Fundação Mathias Tropical, Maurício Borborema, levantou a hipótese de  intoxicação alimentar ou envenenamento por arsênico (insecticida e conservante), que pode acontecer pelo contato com madeiras tratadas. A família, que está desesperada atrás de respostas, relatou aos médicos que consumia muito espeto de frango na casa da avó das crianças. 




Insegurança sem fim. O que Moro está fazendo?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.