Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Julgamento da ação de improbidade contra Adail é adiado

Publicado

em

O julgamento do pedido de vista feito pelo desembargador Domingos Chalub na ação penal que acusa o prefeito afastado de Coari, Adail Pinheiro, de improbidade administrativa, foi adiado para janeiro. A ausênica de Chalub à sessão do Tribunal Pleno, nessa terça-feira, 16, ensejou o adiamento da votação.

O fundamento apresentado pelo autor do pedido de vista basseado no voto do relator do processo, desembargador João Mauro Bessa, que decidiu pela pena um ano de dois meses em regime aberto com prestação de serviço comunitário. No entendimento de Chalub, a pena proposta pelo relator não é cabível.

A ação decorre da falata de repasse para a Câmara Municipal de Coari, em todo o exercício de 2008, no valor de R$ 4.843.169. 79-46.2014.8.04.0000 que tem como relator o desembargador Rafael de Araújo Romano. O processo, que também envolve Adail Pinheiro, corre em segredo de Justiça.

Acabou a chantagem com Manaus. Intervenção nas empresas de ônibus era necessária

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.