Siga o Portal do Holanda

Prevenção

Campanha em defesa da vida com mobilização no dia 18 acontece em Manaus

Publicado

em

Dentro de um abraço mora o encontro de dois corações. É com esse sentimento de conexão e empatia que a Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) está promovendo a campanha “Abraço em Defesa da Vida”, em alusão ao Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio. O objetivo é mobilizar e orientar para o acolhimento de pessoas que estão em sofrimento emocional e psicológico, como forma de combater os crescentes índices de suicídio. De 2016 a 2019, 424 pessoas se suicidaram em Manaus, segundo dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-AM).

Como parte da programação da Defensoria, serão lançados materiais informativos nas redes sociais da instituição ao longo do mês. As informações visam orientar sobre a identificação de sinais de alerta, como abordar e acolher alguém que está em sofrimento psicológico ou com ideações suicidas, e como encaminhar corretamente para o tratamento com profissionais especializados.

Mobilização acontece no dia 18

No dia 18, será realizada uma grande ação de mobilização, que começa com palestras voltadas aos membros e servidores da Defensoria, na sede da instituição, na avenida Maceió, das 14h às 16h, e encerra com a distribuição de abraços e material informativo no Largo de São Sebastião, Centro, às 17h. As palestras serão ministradas por quatro psicólogas e uma psiquiatra, que abordarão temas como projetos destinados à prevenção nas escolas públicas e na Ponte Jornalista Phelippe Daou (Ponte Rio Negro).

Durante a mobilização no Largo de São Sebastião, o Teatro Amazonas será iluminado em tom de amarelo, alertando para a necessidade de a sociedade abraçar a causa. A programação no Largo conta com a parceria da Secretaria de Estado da Cultura (SEC), do Programa Estadual de Proteção e Orientação ao Consumidor do estado do Amazonas (Procon-AM), e da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc).

Dor da perda

A defensora pública Carolina Carvalho, idealizadora da campanha Abraço em Defesa da Vida, vivenciou a perda recente de um amigo e explica a importância de mobilizações como esta.

“Só quem perdeu um ente querido para o suicídio sabe a dor que é. Portanto campanhas como essa são importantes para refletirmos sobre como estão as pessoas ao nosso redor e fazer algo por elas, saber como identificar pessoas que estão com pensamentos suicidas e ainda saber o que fazer, como agir, para onde encaminhar essas pessoas. Precisamos falar mais sobre o suicídio. Mesmo em tempos atuais, ainda temos o suicídio como um tabu. As pessoas não falam sobre o assunto”, afirma a defensora.

A menina que o tráfico matou

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.