Exercícios de força podem ajudar a combater a obesidade infantil

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

28/09/2018 6h00 — em

Incentivar os jovens a fazer exercícios baseados em força - como agachamentos, flexões e lunges - poderia desempenhar um papel fundamental no combate à obesidade infantil, sugere a pesquisa. Participar de exercícios que provocam contração muscular e fortalecimento dos músculos e ossos reduz a porcentagem de gordura corporal das crianças. Os resultados também sugerem que um aumento na massa muscular - obtido a partir de exercícios baseados em força - poderia ajudar a aumentar o metabolismo e os níveis de energia das crianças. Os efeitos foram pequenos, mas significativos, o que levou a novas pesquisas para investigar como o treinamento de resistência poderia tratar e prevenir a crescente questão da obesidade infantil. Pesquisadores das Universidades de Edimburgo e Dundee examinaram os resultados de uma série de estudos que exploraram os efeitos do treinamento de resistência no peso corporal para crianças de 9 a 18 anos.

Eles descobriram que o treinamento de resistência diminuiu a gordura corporal, mas não teve efeito geral sobre outras medidas, incluindo massa muscular magra, índice de massa corporal e circunferência da cintura. O tratamento e, mais importante, a prevenção da obesidade infantil é uma preocupação crescente. As descobertas destacam a necessidade de pesquisas mais robustas sobre o papel que os exercícios baseados em força podem ter para ajudar todos a fazerem escolhas de vida saudáveis ??e serem mais ativos fisicamente.

 

Referência

 

Collins, H, et al. The effect of resistance training interventions on weight status in youth: a meta-analysisSports Medicine - Open, 2018; 4 (1).

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+