Siga o Portal do Holanda

Saúde e Bem-estar

Altura padrão no desenvolvimento de crianças é mito

Publicado

em

Entre 1914 e 2014, o brasileiro ficou oito centímetros mais alto. Entretanto, se compararmos a outras nações pelo mundo, aqui temos, em média, 1,73 de altura entre homens e 1,60 entre as mulheres. Isso nos coloca nas posições 68º e 71º no ranking mundial, respectivamente. Na Holanda, a média é 1,83. A mais alta do mundo.

Os números publicados pela revista científica americana Life são só uma amostra de que não há motivos para se preocupar com a altura das crianças. Cada uma se desenvolverá de um jeito e não há um padrão. O pediatra é quem vai ser capaz de identificar alguma anomalia, de acordo com a curva de crescimento e a altura familiar.

Se houver algum tipo de problema, seja ele ósseo, hormonal ou crônico nos pequenos, ele pode ser identificado por exames clínicos. Geralmente, a maioria das crianças com estatura considerada baixa apenas cresce mais tarde, o que os especialistas chamam de atraso constitucional de crescimento.

Dor

Chamada popularmente de dor do crescimento, é um incômodo presente em cerca de 1um terço das crianças e adolescentes até os 13 anos. Na maior parte dos casos, o incômodo é temporário, dura de 10 a 20 minutos, atrás dos joelhos.

Em geral, essa dor some com o passar do tempo. Mas a recomendação é procurar um pediatra caso a criança reclame. Exames poderão detectar melhor as causas. Mas em 90% dos casos uma massagem já resolve o incômodo.

Se o problema persistir, estiver atrapalhando a criança em algum momento, fazendo-a acordar durante a noite, por exemplo, é hora de um sinal de alerta. Então, procure um médico o mais rápido possível, porque não é normal.

 

Fametro compra um grande problema

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.