Siga o Portal do Holanda

Policial

‘Não fizeram sinal pra parar’, diz motociclista que estava com jovem morta por PM no Amazonas

Publicado

em

Foto: Reprodução / Facebook

Manaus/AM - Thalia Oliveira, 18, foi morta na madrugada de domingo (18), ao  ser baleada no pescoço por um policial militar, em Rio Preto da Eva, no Amazonas.

Kaio Oliveira, 25, prestou depoimento na segunda-feira (19), na delegacia de Rio Preto da Eva. Ele disse que estava pilotando a moto em que Thalia estava no dia do crime, disse que eles estavam indo para a casa da vítima quando passaram por uma blitz, mas que em momento algum os policiais pediram para que eles parassem.

Ainda segundo ele, não havia sinalização de blitz, apenas uma viatura embaixo de uma tenda que sempre ficava naquele local. Kaio conta que apenas ouviu o tiro e viu Thalia cair da moto. O jovem assume que havia consumido bebida alcoólica no dia. Ele diz que não tinha motivo para furar uma blitz, até porque não tinha. Que poderia até ser punido por conta da bebida, mas os documentos da moto estavam regulares.

 

Deputados suspeitam de espionagem e pedem ajuda do MP

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.