Publicidade

Reprodução/Youtube

As ativistas do grupo Femen tiveram um novo alvo: O reality show "Big Brother Brasil" de 2013. Três integrantes do grupo feminista se despiram no shopping paulista, onde a "Casa de Vidro" estava instalada. A administração do shopping estava avisada, e logo que se despiram, as cidadãs foram contidas por nove seguranças, que fingiam participar da torcida em frente à Casa de Vidro, supostamente contratados da Rede Globo. 

O grupo tentava aparecer ao vivo na emissora, com as mensagens de protesto escritas no peito. Anteriormente, a líder do grupo, Sara Winter, comunicou à imprensa que o objetivo do grupo é o protesto contra a alienação social causada pelo programa. 

A Rede Globo comunicou oficialmente que "As medidas foram tomadas para proteger os frequentadores, os participantes do programa e os próprios manifestantes, que poderiam ser hostilizados pelo público", completando que a manifestação pretendia perturbar o funcionamento do shopping e que o protesto do grupo é "curioso e contraditório".

Reprodução/Youtube

Reprodução/Youtube
Reprodução/Youtube



assuntos BBB13  Entretenimento  

Quer anunciar?

Clique aqui e solicite nosso Mediakit.

Você pode também conferir o certificado de auditoria
clicando no botão abaixo.

Portal do Holanda é auditado pelo IVC