Siga o Portal do Holanda

Desvios na saúde

TCU condena ex-prefeito no Amazonas a devolver R$ 624,7 mil

Publicado

em

Foto: Reprodução Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Manaus/AM - O ex-prefeito do município de Autazes, Raimundo Wanderlan Sampaio, assim como o ex-secretário municipal de saúde, Karan Martins, foram condenados a devolver R$ 624,7 mil aos cofres do Fundo Nacional de Saúde (Funasa). A devolução foi determinada em decisão do Tribunal de Contas da União (TCU), que ainda estabeleceu uma multa de R$ 55 mil aos ex-gestores pelo uso irregular de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS). 

A decisão se baseou em fiscalização realizada em Autazes no ano de 2016 para verificar irregularidades nas obras de ampliação de três unidades básicas de saúde. Se constatou desvios de R$ 381,2 mil. Também se verificou que este valor foi depositado na conta do ex-prefeito Raimundo Wanderlan. 

Por isso, o relator das contas da prefeitura de Autazes, ministro Weder de Oliveira, recomendou a reprovação das contas. O TCU estabeleceu o prazo de 15 dias para o recolhimento dos valores da condenação e multa, mas também concedeu a possibilidade de parcelamento dos pagamentos em até 36 vezes. 

MP-Am humilha em aeroporto mãe de indiciado

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.