Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Sem aumento, seguranças ameaçam entrar em greve em bancos de Manaus

Publicado

em

Manaus/AM - Na manhã dessa sexta-feira (8), vigilantes filiados ao Sindicato dos Empregados em Empresas de Vigilância e Segurança de Manaus (Sindevam) se reúnem para decidir se paralisam os serviços prestados em várias instituições como bancos, hospitais e aeroportos da capital.

Segundo eles, a greve é motivada pela falta de reajuste nos salários da categoria e reivindicação de alguns direitos como aumento do no ticket de alimentação e reajuste na periculosidade.

Conforme o Sindevam, representantes dos trabalhadores já  se reuniram quatro vezes na tentativa de entrar em acordo com os empresários, mas só recebem resposta negativa as propostas.

Eles alegam que a reforma trabalhista lhes tirou vários benefícios e que o risco de morte que passam todos os dias, não são levados em consideração pelo sindicato patronal.

Por isso, se a greve for aprovada, 30% dos seguranças devem cruzar os braços na próxima semana. A maioria será de agentes que atuam em bancos e hospitais. Assembleia para a tomada de decisão ocorre nesse momento na Praça da Polícia, no Centro de Manaus.

Susam paga R$ 10 milhões para Bringel recolher lixo hospitalar

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.



Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.