Siga o Portal do Holanda

Isolamento

Secretário diz que colapso na saúde do Amazonas pode ser evitado com ajuda da população

Publicado

em

Rodrigo Tobias, titular da Susam e Rosemary Pinto diretora-presidente da FVS-AM Foto: Reprodução Rodrigo Tobias, titular da Susam e Rosemary Pinto diretora-presidente da FVS-AM Foto: Reprodução
Rodrigo Tobias, titular da Susam e Rosemary Pinto diretora-presidente da FVS-AM Foto: Reprodução

Globo repete Bolsonaro e enterra jornalismo


Manaus/AM - O secretário de saúde do Amazonas, Rodrigo Tobias, fez um pedido à população para que siga a orientação de isolamento durante o período de pandemia do novo coronavírus Em entrevista online nesta sexta-feira (3), o secretário confirmou a previsão do ministro da saúde, Rodrigo Mandetta, que o Estado pode ser o primeiro a ter um colapso na saúde, mas ele ressaltou que isso depende do aumento no número de casos, conforme o comportamento da população. 

“O colapso pode acontecer semana que vem. O colapso pode acontecer neste final de semana. O colapso pode acontecer dependendo do aumento do número de casos. E só há aumento do número de casos se houver movimentação entre as pessoas. Se as pessoas não ficarem em casa, a gente não tem condições de quebrar a cadeia de transmissão do vírus. Se a gente não quebra essa cadeia, provavelmente, o nosso sistema que é limitado, pode entrar em colapso”, frisou o secretário.  

Rodrigo Tobias explicou que o Amazonas possui um sistema limitado para uma pandemia. “Aqui a gente não está tratando de uma epidemia local de zika ou de dengue, estamos tratando de uma pandemia que está acontecendo no Amazonas, no Brasil, nos Estados Unidos, na Inglaterra, França, Espanha, na Itália. Então, eu preciso dizer que temos uma limitação para atender estados graves”, explicou. 

O secretário manifestou esta preocupação ao ministro da saúde Rodrigo Mandetta na noite da última quinta-feira (2), onde afirmou que o sistema de saúde do Amazonas entraria em colapso até o próximo domingo com o aumento dos casos de coronavírus, conforme reportagem divulgada pela CNN Brasil. A preocupação é tamanha, que até um contêiner frigorífico está sendo montado no Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz para funcionar como necrotério para as vítimas da Covid-19 da unidade de saúde. 

Pico da pandemia 

O pico de Covid-19 no Amazonas é esperado para final de abril e início de maio, mas o aumento já está ocorrendo. De acordo com a diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), Rosemary Pinto, isso está caracterizado pelo número de 600 exames que estão aguardando resultados no Laboratório Central de Saúde Pública do Amazonas (Lacen-AM). Segundo a profissional, as pessoas que aguardam os resultados desses testes tiveram suas amostras colhidas porque atendem o perfil de contaminação pelo novo coronavírus. 




Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.