Siga o Portal do Holanda

Segundo dia de paralisação

Rodoviários paralisam novamente e deixam quase 2 mil manauaras sem ônibus

Publicado

em

Foto: Arquivo/Portal do Holanda

Manaus/AM - Mesmo como uma liminar expedida pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) impedindo qualquer tipo de paralisação até o julgamento do Dissídio Coletivo da categoria, representantes do Sindicato dos Rodoviários paralisaram nove linhas em dois terminais de bairro localizados no Parque das Nações, zona Centro-Sul e no Mutirão, zona Norte, nesta quinta-feira(1).

Os terminais ficaram fechados por cerca de duas horas e meia o que prejudicou aproximadamente 2 mil usuários das linhas 031,033,035,401 e 452 no Parque das Nações e as linhas 440,447,449 e 050 no Mutirão.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) vai informar a justiça sobre a ilegalidade do movimento.

Ainda na manhã desta quinta-feira(1), o TRT acatou um pedido do Sinetram para que em casos de greve, os Sindicato dos Rodoviários seja responsabilizado. Em liminar a justiça determinou considerar ilegal e abusiva qualquer paralisação futura das atividades de transporte coletivo urbano em Manaus até o julgamento do Dissídio Coletivo. Caso haja descumprimento da ordem judicial, o Sindicato do Rodoviários poderá ser multado em até R$ 50 mil por hora de paralisação.

 

A Amazônia está queimando e Bolsonaro é em grande parte responsável

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.