Siga o Portal do Holanda

Arrastou o corpo

Homem é condenado após matar amigo que recusou trocar música do celular no Amazonas

Publicado

em

Foto: Divulgação Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Manaus/AM - O Conselho de Sentença da Vara Única da Comarca de Tapauá (município distante 565 quilômetros de Manaus) condenou o réu Anderson Miranda da Silva a um total de 23 anos de prisão após duas sessões de julgamentos realizadas na última sexta-feira (8). As sessões do Tribunal do Júri aconteceram no Plenário da Câmara Municipal de Tapauá e foram presididas pela juíza de Direito Priscila Maia Barreto.

No processo n.º 0000249-88.2014.8.04.7400, Anderson Miranda da Silva foi condenado a 8 anos de prisão pela tentativa de homicídio contra Saulo Alves do Nascimento. O promotor de justiça do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM), Bruno Batista, trabalhou na acusação e o réu teve em sua defesa a advogada Maria Laci dos Santos.

Na segunda sessão de julgamento, o réu foi condenado a 15 anos de prisão pelo crime de homicídio qualificado contra Rainey da Silva Nolorves. Na sessão, o MPE-AM foi representado pelo promotor Bruno Batista e o advogado Fabiano Negreiros atuou na defesa do réu.

Anderson Miranda da Silva está preso em Manaus e foi escoltado pela Polícia Militar do Amazonas até a cidade de Tapauá. Assim que recebeu a condenação, foi encaminhado novamente para Manaus onde vai cumprir a pena em regime fechado. Anderson foi transferido para Manaus devido a repercussão dos crimes no município.

Os crimes

No primeiro processo, o réu foi condenado pela tentativa de homicídio contra Saulo Alves do Nascimento, a quem desferiu uma facada nas costas.

No segundo processo, o réu foi condenado pelo homicídio que vitimou Rayney da Silva Nolorves, assassinado com seis facadas. Após matar a vítima, o réu ainda arrastou o corpo para uma área de mata com o objetivo de ocultar o crime. Vítima e acusado eram amigos e estavam bebendo quando Rayney recusou a trocar a música que estava tocando no aparelho celular deste. Revoltado com a negativa de Rainey, Anderson o atacou pelas costas com uma faca.

A menina que o tráfico matou

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.