Siga o Portal do Holanda

Projetos de R$ 2,2 bilhões

Codam prevê a criação de 1.850 empregos no Amazonas com aprovação de novos investimentos

Publicado

em

Foto: Michell Mello/Secom Foto: Michell Mello/Secom
Foto: Michell Mello/Secom

Noticiário da TV é tóxico e está levando pânico à população


Manaus/AM - O Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) realizou, nesta terça-feira (10), sua sexta e última reunião do ano, no auditório da Federação das Indústrias do Amazonas (Fieam). Responsável pela política estadual de incentivos fiscais, o Conselho apreciou uma pauta com investimento recorde de R$ 2,276 bilhões e previsão de abertura de 1.850 vagas de trabalho no período de três anos.

De acordo com o titular da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) e vice-presidente do Codam, Jório Veiga, a pauta deliberada nesta terça foi a que concentrou o maior volume de investimentos em 2019, ano em que a média de recursos ficou na faixa de R$ 650 milhões. A exceção foi a reunião realizada em janeiro, que aprovou pauta com R$ 1 bilhão de investimentos.

Do total de 47 projetos industriais submetidos à análise, 24 eram de bens finais e 17 de bens intermediários (peças e componentes). Segundo Jório Veiga, as variações de investimentos das pautas aprovadas pelo Codam refletem a realidade macroeconômica do País, mas o governo vem trabalhando intensamente para abrir novas frentes de negócios, sobretudo na área da bioeconomia.

Investimentos

Entre os destaques da pauta da 283ª reunião do Codam estavam os projetos da Foxconn Moebg Indústria de Eletrônicos para a produção de roteadores digitais e aparelhos reprodutores de multimídia com tecnologia “over the top” por assinatura para uso via internet, com investimentos totais estimados em R$ 98 milhões. O grupo também se compromete a gerar 179 empregos no mercado de trabalho local.

A Tec Toy submeteu aos conselheiros proposta para fabricação de triciclo elétrico com recursos de R$ 74,124 milhões e contratação de 48 trabalhadores. Já a Samsung Eletrônica da Amazônia pretende fabricar smartwatches, projeto que tem investimento de R$ 653 milhões e necessidade de contratação de 31 colaboradores.

No setor primário, a WS Indústria de Beneficiamento de Frutas da Amazônia apresentou projeto para a produção de sorbet de açaí com investimentos de R$ 949 milhões.

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.