Siga o Portal do Holanda

No João Lucio

Caso de coronavírus em peixeiro e filhos em Manaus é investigado pela FVS

Publicado

em

Foto: Reprodução Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Procuradores terão que optar entre as maçãs e a vovozinha


Manaus/AM - O caso de um feirante que foi filmado no Hospital Pronto Socorro João Lúcio, na zona Leste de Manaus, que surgiu nas redes sociais desde a última terça-feira (17), com suspeita de coronavírus está sendo investigado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM). A diretora-presidente da FVS, Rosemary Costa Pinto, informou que o homem realizou teste para coronavírus e que o resultado deve ser divulgado na quinta-feira (19). 

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira (18), a diretora da FVS abordou o assunto e esclareceu que estão sendo espalhadas muitas notícias falsas nas redes sociais, com alardes sobre pessoas com coronavírus sendo atendidas em unidades de saúde de Manaus. Segundo Rosemary, muitos desses casos são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que são comuns no Estado neste período. 

"Pacientes que vão buscar atendimentos na rede de urgência e emergência estão sendo filmados parecendo que são casos gravíssimos de coronavírus. Isso não é verdade. Um dos casos é de um feirante que foi com os filhos a uma unidade de saúde na capital. Ele estava com essa síndrome. Ele está sendo monitorado e estamos aguardando resultado do Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública do Amazonas) para o novo coronavírus (Covid-19)", disse Rosemary. Os filhos são monitoras para SRAG. 

Neste ano, casos destas Síndromes Respiratórias Agudas Graves já somam 390 no Amazonas, que estão sendo monitorados, com 35 óbitos, segundo a FVS-AM.  

Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.