Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Associação de policiais critica suposto novo formato da ‘Operação Catraca’ em Manaus

Publicado

em

Foto: Divulgação Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Manaus/AM -  A Associação das Praças da Polícia e Bombeiro Militar do Amazonas- APPBMAM divulgou nesta quinta-feira (12), uma nota à imprensa, em oposição ao lançamento da 'Operação Catraca’, onde policiais militares seriam empregados à paisana nas linhas de ônibus do transporte coletivo da capital. Na nota, a associação alega que isso além de ser contrário à lei, pode expor indevidamente a integridade dos policiais militares envolvidos. Confira a nota na íntegra

NOTA 

A Associação das Praças da Polícia e Bombeiro Militar do Amazonas- APPBMAM, ciente de seu papel institucional de fiscalizar as condições nas quais as praças policiais e bombeiros militares desempenham suas funções fins, vem a público externar o que se segue:

 Na nossa Constituição Federal, mais precisamente o parágrafo 5º do Artigo 144, está descrito as duas principais funções da Polícia Militar que são: fazer o Policiamento (patrulhamento) ostensivo (fardados) e preservar a ordem pública.

Nossa sociedade é conhecedora do importantíssimo e relevante papel desempenhado pela Polícia Militar do Amazonas, uma vez que se destaca, como principal força pública estadual, primando pelo zelo, honestidade e correção de propósitos com a finalidade de proteger os cidadãos, os bens públicos, bem como os privados, coibindo os ilícitos, orientando, colaborando com todos os segmentos da comunidade, diminuindo conflitos e gerando a sensação de segurança que a comunidade anseia.

Dito isto, a APPBMAM, preocupada com a notícia trazida por vários sócios, de que haveria uma operação denominada "Operação Catraca", onde, supostamente,  policiais militares seriam empregados sem o devido fardamento nas rotas de ônibus  em Manaus, manisfesta, desde já, sua contrariedade a este tipo de serviço, pois contrário à lei e por expor indevidamente a integridade dos policias militares envolvidos.

Por fim, pedimos respeitosamente aos nossos Comandantes que, caso haja intenção de emprego de efetivo nestas condições (sem fardamento), revejam tal estratégia de policiamento e como sempre, mantendo o policial militar ostensivamente fardado.

Manaus/AM, 12 de dezembro de 2019.

Diretoria APPBMAM

Os erros do Enem e a redução de notas para estudantes

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.