Hazel Jone chamou a atenção da indústria pornográfica ao parecer nos noticiários do mundo inteiro devido a uma condição pouco comum: ela tem duas vaginas, uma condição rara conhecida como 'uterus didelphys'. 

Segundo o site do Daily Mail, após sua entrevista a um canal de televisão inglês falando sobre a sua condição, Hazel recebeu uma oferta de Steven Hirsch, dono da Vivid Enterteinment, uma das maiores produtoras de filme pornô dos Estados Unidos. Segundo o site YMZ, a Vivid estaria disposta a pagar US$ 1 milhão para que a inglesa estrelasse um de seus filmes. Na carta, Hirsch escreveu: "Você certamente é uma pessoa extraordinária e eu gostaria de lhe fazer uma proposta para estrelar uma de nossas próximas produções. Nós pagaríamos até US$ 1 milhão pelos seus serviços". 

Hazel não aceitou o convite.

NULL


assuntos Entretenimento  Maluquices  

Quer anunciar?

Clique aqui e solicite nosso Mediakit.

Você pode também conferir o certificado de auditoria
clicando no botão abaixo.

Portal do Holanda é auditado pelo IVC