Siga o Portal do Holanda

Famosos & TV

Motorista que agrediu assessoras de Felipe Titto está prestando depoimento à polícia

Publicado

em

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Louis, motorista do aplicativo 99 acusado de agredir três mulheres assessoras do ator Felipe Tito, se apresentou espontaneamente na 97º DP, no Jabaquara (zona sul de SP).

A Polícia Civil informou que ele está sendo ouvido pela polícia, mas não foi preso porque não houve flagrante. Ainda não é possível saber os próximos passos, já que as vítimas ainda terão de ser ouvidas. 

O caso ocorreu nesta quinta-feira (7), data em que assessoras que trabalham com o ator Felipe Titto, 33, afirmam ter sido agredidas por um motorista do aplicativo 99, em São Paulo. Jéssica Varrasquim Caetano chegou a levar um murro do motorista e teve o nariz fraturado, e a advogada Thatiane Soares foi atropelada ao descer do carro. Outra assessora, Elaine Melo, sofreu arranhões no peito e nos braços.

As duas pediram uma corrida em Pinheiros (zona oeste) para seguir para a Expo Imigrantes (zona sul), onde Titto faria uma palestra. Elas contam que ele dirigia de maneira perigosa e freava bruscamente. Elas pediram para parar o carro, mas ele se negou.

Assim que a corrida terminou, Thatiane abriu a porta para descer e ele passou por cima do pé dela com a roda do carro. A partir daí, começaram mais agressões, e a assessora ainda recebeu chutes do motorista. Ao tentar ajudar a colega, Jéssica levou um soco do motorista, e Elaine ficou tentando apartar a briga. 

"Ainda estou com raiva. É aquela sensação de impotência que a gente sente, apesar de eu ter sido a menos agredida. Estou sentindo as dores da tensão muscular de segurar o homem. A Jéssica acabou de sair da cirurgia e estamos esperando se ela tem a alta. A Thatiane teve que ficar de repouso e tem que manter as pernas em repouso", contou Elaine em entrevista à reportagem 

As três produtoras devem registrar boletim de ocorrência ainda nesta sexta-feira (8). A Secretaria de Segurança Pública informou que, até o início desta tarde, ainda não tinha novas informações sobre o caso ou a identidade do motorista que cometeu a agressão.

No perfil, o motorista é chamado de Louis e é de Gana. Ele trabalha com carro alugado, segundo informou a assessoria de Felipe Titto. Ele não é brasileiro, embora as vítimas não tenham conseguido identificar a nacionalidade do condutor.

Caso Flávio Rodrigues e o fato que pode levar a nulidade do processo

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

HORA do H: VANESSA DA SILVA POLLARI, NUTRICIONISTA ESPECIALISTA EM OBESIDADE


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.