Siga o Portal do Holanda

Esportes

Santos vence o Palmeiras na Vila e assume a vice-liderança do Campeonato Brasileiro

Publicado

em

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Santos conseguiu nesta quarta-feira (9) melhorar o seu desempenho contra adversários que estão no G-6 do Campeonato Brasileiro. Na Vila Belmiro, venceu o Palmeiras, por 2 a 0, e assumiu a vice-liderança da competição.

Foi apenas a segunda vitória da equipe comandada por Jorge Sampaoli diante de rivais que estão na zona de classificação para a Libertadores 2020. No primeiro turno, havia ganhado do Corinthians, por 1 a 0.

Até o clássico pela 24ª rodada, o time praiano tinha somado somente 26% dos pontos que disputou contra Flamengo, Palmeiras, Corinthians, São Paulo e Internacional, os times que acompanham os santistas nas seis primeiras posições. Chegou a ser goleado pelo próprio time alviverde, 4 a 0, na primeira metade do Nacional. Agora, o rendimento subiu para 38%.

Também cresceu o aproveitamento de Sampaoli em clássicos, de 45% para 51%, agora com quatro vitórias, dois empates e três derrotas diante dos principais adversários do estado.

O resultado diante do time alviverde confirma, ainda, a boa fase do Santos que, com sua terceira vitória seguida, diminui para cinco pontos a diferença para o líder Flamengo (52 a 47). Os cariocas, porém, têm um jogo a menos. Nesta quinta, recebem o Atlético-MG.

Derrotado na Vila, o Palmeiras também soma os mesmos 47 pontos que os santistas. Aparece em terceiro na tabela devido ao número de vitórias do rival (14 a 13).

Sob o comando de Mano Menezes, aliás, esta foi a primeira vez em que a equipe alviverde saiu de campo sem somar nenhum ponto. Até esta quarta, acumulava cinco vitórias e dois empates, estes nas duas últimas rodadas. O que era uma marca de invencibilidade transforma-se, agora, em uma sequência de três partidas sem vitórias.

A atuação diante do Santos, aliás, foi a pior do time desde a troca de Luiz Felipe Scolari, 70, por Mano. O time praiano abriu 2 a 0 ainda no primeiro tempo, com Gustavo Henrique e Marinho. O primeiro aproveitou cobrança de falta de Carlos Sánchez, aos 13 minutos, e o segundo aproveitou rebote de Jaílson, aos 16min.

Com 63% da posse de bola, os donos da casa ditaram o ritmo do jogo e deixaram os visitantes criar apenas uma chance real de gol, em chute de Dudu.

O saldo da etapa inicial ditou o comportamento das duas equipes depois do intervalo. Um Palmeiras nervoso diante de um Santos que administrava o placar.

Aos 27min, Willian foi expulso após dar um carrinho em Diego Pituca. O árbitro precisou analisar o VAR antes de confirmar o cartão vermelho, que diminuiu ainda mais as chances de reação dos visitantes. O placar se manteve até o final.



SANTOS

Everson; Pará, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique, Jorge; Diego Pituca, Carlos Sánchez, Jean Mota; Tailson (Lucas Venuto), Marinho, Eduardo Sasha. T.: Jorge Sampaoli



PALMEIRAS

Jailson; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo, Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Gustavo Scarpa (Zé Rafael); Dudu, Willian e Luiz Adriano (Carlos Eduardo). T.: Mano Menezes



Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Público total: 11.408

Renda: R$ 592 mil

Juiz: Flávio Rodrigues de Souza (SP)

Gols: Gustavo Henrique, aos 13min, e Marinho, aos 16min do primeiro tempo

Cartões amarelos: Carlos Sánchez (Santos); Felipe Melo e Carlos Eduardo (Palmeiras)

Cartão vermelho: Willian (Palmeiras)

II Simpósio Internacional de Gestão Ambiental e Controle de Contas Públicas

Decapitações: exibição de poder das organizações criminosas em Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

II Simpósio Internacional de Gestão Ambiental e Controle de Contas Públicas


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.