Siga o Portal do Holanda

Esportes

Sampaoli nega especulações e cutuca diretoria do Santos

Publicado

em

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O futuro de Jorge Sampaoli foi novamente assunto na noite desta quarta-feira (4), em coletiva de imprensa após derrota do time alvinegro para o Athletico-PR por 1 a 0, na Arena da Baixada, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. E ele voltou a negar qualquer definição.

O treinador argentino classificou as notícias que ligam seu futuro a Racing (ARG), Palmeiras e Flamengo como meras especulações e reafirmou que seu foco está no Santos, que enfrentará o atual campeão brasileiro na última rodada, no final de semana.

"É um filme sobre o qual não posso responder. Penso no jogo de domingo [8]. Tenho contrato e não falei com o clube sobre minha situação. Tudo que vocês contam são especulações sem procedimento. Não falei com ninguém e não falarei antes do presidente do Santos. Não tenho tempo para atender ninguém, tenho que atender ao time. Jogamos em três dias com o campeão e temos que tentar ganhar na Vila. É o que mais me preocupa", disse o treinador.

Sampaoli diz ver o duelo como importante, independentemente de qual seja a pretensão santista após o término desta 37ª rodada. O clube da Vila Belmiro poderá entrar em campo contra os flamenguistas já com o vice-campeonato garantido, em caso de derrota do Palmeiras nesta quinta (5).

O treinador ainda respondeu se o torcedor do Santos pode sonhar com sua permanência para a temporada de 2020 e, novamente, cutucou a atual administração santista. "Torcedores do Santos têm obrigação e direito de pedir o que querem. Mas precisam pedir que o Santos seja cuidado como merece. Ter equipe ano que vem para ser campeão", disse o argentino.

Bolsonaro coloca farda em cabide de emprego e escancara jogo de poder

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.