Siga o Portal do Holanda

Esportes

Flamengo embarca para o Mundial e torcida provoca o Palmeiras

Publicado

em

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A torcida do Flamengo se despediu da equipe antes do Mundial de Clubes na tarde desta sexta-feira (13), no Rio de Janeiro. Centenas de torcedores compareceram ao aeroporto do Galeão para desejar boa sorte ao time, que embarcou rumo ao Qatar.

O ônibus com a delegação entrou pelo terminal de cargas do aeroporto por volta das 14h30, recepcionado por bandeiras, fogos, rojões e muitos gritos e correria por parte dos torcedores que aguardavam no gramado em frente ao local. O voo com destino ao Qatar deve sair às 16h30.

Em meio aos cantos de apoio ao time, a torcida do Flamengo voltou a provocar o Palmeiras, que brigou pelo título brasileiro com o time rubro-negro, mas ficou em terceiro.

"Palmeiras não tem Mundial, não tem Copinha, não tem Mundial", cantaram os flamenguistas.

A campanha para comparecer no adeus ao time se arrastou por toda semana nas redes sociais. Com a hashtag "AeroFla", os flamenguistas combinaram de realizar uma grande festa na despedida da equipe.

O clube fez um planejamento de segurança junto às autoridades do Rio de Janeiro para evitar confusão. Teve reforço de policiamento na saída do ônibus da delegação, no Ninho do Urubu, até a entrada do Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão, na Ilha do Governador.

A prefeitura também anunciou na última terça (10) um esquema especial de trânsito para assegurar que o deslocamento da delegação do Flamengo pudesse acontecer de forma organizada. O objetivo era evitar um grande tumulto ao longo do trajeto.

No embarque da delegação rubro-negra para Lima, no Peru, quando o Flamengo viajou para a final da Copa Libertadores, uma multidão já havia ido às ruas do Rio para acompanhar a saída do time. Na ocasião, os milhares de torcedores chegaram a derrubar uma grade de segurança no aeroporto.

O Flamengo chegou a pedir que os torcedores não se aglomerassem nas imediações do Ninho do Urubu e do Galeão, alegando que qualquer interferência nas vias poderia atrasar o deslocamento da delegação e também a programação dos atletas antes da viagem.

Os torcedores rubro-negros compareceram em grande número, tanto no Centro de Treinamento quanto no aeroporto, debaixo de um forte calor na cidade do Rio de Janeiro.

O torcedor Fábio Lúcio Santos de Souza, 44 anos, se fantasiou de Homem de Ferro para ver a saída do time rubro-negro.

"Sempre me visto de super-herói no Carnaval. Aí esse ano fui no Maracanã em um jogo com o Madureira, todos gostaram da roupa e desde então tenho ido direto", contou o torcedor, que não vai ao Qatar acompanhar a equipe por falta de verba.

"Mas estou providenciando uma roupa nova de Homem de Ferro toda rubro-negra", contou ele, que veio de Duque de Caxias.

Já o comerciante Bruno Freitas, 26, aproveitou a folga no trabalho para se despedir da equipe. "Não tinha como não vir", disse o flamenguista, que mora na zona norte do Rio de Janeiro.

O time rubro-negro treinou normalmente na manhã desta sexta, em atividade a portas fechadas no CT que começou às 10h. Os atletas almoçaram por volta de 12h antes de seguir para o aeroporto, onde viajarão para Doha, no Qatar.

O Flamengo estreia no Mundial na próxima terça-feira (17), às 14h30, contra o vencedor do duelo entre Al-Hilal, da Arábia Saudita, e Esperánce Tunis, da Tunísia. Depois, a equipe brasileira entra em campo novamente no dia 21 para fechar a temporada ou na decisão do torneio ou na disputa pelo terceiro lugar.

Em 2019, a equipe foi campeã da Copa Libertadores após eliminar Internacional e Grêmio e vencer o River Plate, da Argentina, na decisão. A equipe rubro-negra também foi campeã brasileira e carioca, e vai brigar pelo quarto título da temporada no Qatar.

Juiz que garantiria a justiça foi para o armário

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.