Siga o Portal do Holanda

Suspenso

Goleiro do Fluminense é flagrado no doping por suspeita de uso de cocaína

Publicado

em

Foto: Lucas Merçon / Fluminense

O goleiro Rodolfo do Fluminense foi flagrado em exame de doping com a suspeita de uso de cocaína, após teste realizado no jogo do time carioca contra o Atlético Nacional/COL, no Maracanã, em partida pela Copa Sul-Americana, no dia 23 de maio. Nesta ocasião, Rodolfo ficou no banco de reservas, após a perda da posição para Agenor. 

O Fluminense divulgou uma nota nesta terça-feira (25) após reportagem do site Globoesporte afirmando que Rodolfo abriu mão da contraprova do exame, o que caracteriza que o mesmo assumiu a culpa pelo uso da substância. Veja a nota do clube: 

"O Fluminense Football Club informa que o goleiro Rodolfo Alves de Melo foi flagrado no exame antidoping após a partida Fluminense x Atlético Nacional (COL), pela Sul-Americana, realizada em 23 de maio de 2019 no Maracanã. O clube e o atleta já realizaram uma reunião e uma petição foi apresentada à Conmebol, onde o jogador abriu mão da contraprova se colocando suspenso voluntariamente, para se dedicar exclusivamente à sua defesa. O Fluminense já colocou seu Departamento Jurídico à disposição do jogador que, por norma legal, teve o contrato de trabalho suspenso. A instituição dará todo o suporte necessário ao atleta.”

O Código Mundial Antidopagem estabelece a suspensão preventiva do atleta nesses casos. Após o primeiro exame se abre o prazo de cinco dias para o jogador solicitar a realização do exame de contraprova. Rodolfo já possui histórico do uso de cocaína. Quando atuava pelo Atlético-PR, em 2012, ele também foi flagrado e suspenso por dois anos. 

Bolsonaro e Guedes preparam novo golpe contra o Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

HORA do H: CHICO DA SILVA, COMPOSITOR & CANTOR


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.