Siga o Portal do Holanda

Saúde e Bem-estar

Casos de DSTs aumentam no período de carnaval; Veja quais doenças mais comuns

Publicado

em

Foto: Pixabay Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Governo do Amazonas erra e pânico cresce com avanço da Covid-19


A melhor época do ano chegou e com isso a preocupação de especialistas em saúde pública com as doenças sexualmente transmissíveis também aumenta durante o período de carnaval.

De acordo com o site UOL, as diversas bandas e blocos espalhados em todo o Brasil o excesso no consumo de álcool e o rodízio de parceiros pode contribuir para que jovens tenham relações sexuais sem preservativo.

O Ministério da Saúde deve distribuir mais de 500 milhões de preservativos durante o período carnavalesco e tem como alvo jovens com idades entre 15 e 29 anos. Ainda de acordo com a publicação, o uso de preservativos é essencial e a única maneira de prevenção contra infecções sexualmente transmissíveis (IST) — sífilis, gonorreia, HIV, clamídias e hepatites.

Veja as doenças mais comuns

Vírus do papiloma humano (HPV)
A doença se propaga através do sexo e causa verrugas em diversas partes do corpo. Alguns tipos podem ser evitados com vacina.

Herpes genital
É o tipo de infecção mais comum e é caracterizada por dor e feridas genitais.

Clamídia
Uma doença comum e sexualmente transmissível que pode não apresentar sintomas.

Gonorreia
É uma infecção bacteriana que, se não for tratada, pode causar infertilidade.

AIDS
A AIDS é causada pelo vírus HIV, que interfere na capacidade do organismo de combater infecções.

Sífilis
Infecção bacteriana geralmente transmitida pelo contato sexual que começa como uma ferida indolor.

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.