Siga o Portal do Holanda

Brasil

Justiça nega habeas corpus e filho de desembargadora deve voltar a presídio

Publicado

em

Foto: Reprodução Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O pedido de habeas corpus de Breno Fernando Solon Borges, filho da desembargadora afastada do órgão, Tânia Borges, foi negado, nesta sexta-feira (10), pelo juiz Lúcio da Silveira, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS), que determinou o prazo de até 72 horas para que Breno se apresentasse no presídio, após ser notificado.

De acordo com o Sistema Globo, Breno havia sido beneficiado por uma decisão judicial que liberou a prisão domiciliar por causa da pandemia do novo coronavírus. O Ministério Público Estadual (MP-MS) recorreu.

Na decisão, o juiz aceitou os argumentos de que Breno não pertence ao grupo de risco e que, caso precise,  poderá ser atendido por equipe de saúde da unidade prisional.

O filho da desembargadora já foi condenado por crimes como tráfico de drogas, organização criminosa e lavagem de dinheiro.


Últimas notícias

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.