Siga o Portal do Holanda

Brasil

Juíza veta visitas de Dilma, Ciro, Gleisi e deputados na cela de Lula

Publicado

em

Foto: Divulgação

A juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara de Execuções Penais de Curitiba, vetou as visitas de Dilma Rousseff, Gleisi Hoffman, Ciro Gomes e de deputados federais da Comissão de Direitos Humanos da Câmara na cela do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Para a magistrada, não ‘há justo motivo ou necessidade de renovação’ de diligências após ‘fiscalização’ de senadores na sala especial em que o ex-presidente cumpre pena de 12 anos e um mês no caso triplex.

Além de Dilma, Gleisi e Ciro, também houve pedidos do vereador paulistano Eduardo Suplicy, do vencedor do Nobel da Paz Adolfo Pérez Esquivel e do ex-ministro Carlos Luppi. A magistrada ressalta que o Ministério Público Federal ‘apresentou manifestação pelo indeferimento do pedido, considerando a ausência de relevância ou justo motivo para a realização do ato pretendido’. “Em data de 17/04/2018 já foi realizada diligência pela Comissão de Direitos Humanos e Participação Legislativa do Senado Federal. Não há justo motivo ou necessidade de renovação de medida semelhante”, anotou. 

A juíza ainda ressalta que ‘jamais chegou ao conhecimento deste Juízo de execução informação de violação a direitos de pessoas custodiadas na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, as quais contam com defesas técnicas constituídas. Especificamente em relação ao ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, reservou-se, inclusive, espécie de Sala de Estado Maior, separada dos demais presos, sem qualquer risco para a integridade moral ou física’.

+ Brasil

-

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2018 Portal do Holanda.