Siga o Portal do Holanda

E ainda vendia a bile

Homem é preso por caçar animais selvagens para comer pênis como afrodisíaco

Publicado

em

Após seis anos de busca incansável por parte da polícia, um homem suspeito de caçar ursos selvagens e comer o pênis deles foi preso na Índia. Identificado apenas como Yarlen, o homem pertence a uma tribo nômade e usava identidades falsas para escapar dos agentes.

Segundo a polícia local, a prisão dele aconteceu no último dia 19, mas só foi divulgada nessa quinta-feira (24). Yarlen tem um currículo criminal extenso e é envolvido também com a caça de tigres em extinção e o mercado internacional da caça ilegal.

Na tradição da tribo dele, o urso-preguiça, seu principal alvo é visto como um animal poderoso, imponente e o órgão sexual dele é tido como afrodisíaco natural. Por isso, Yarlen fazia questão de consumí-lo. A vesícula biliar era revendida no mercado negro aos chineses,  pois é um dos ingredientes mais usados na medicina chinesa.

De acordo com a mídia local, o caçador preso capturava e matava os animais desde que tinha 15 anos. Na Índia, há uma lei que criminaliza a caça desses animais, mas a tribo de Yarlen e muitas outras ignoram a ordem e seguem caçando tradicionalmente.

Caso Flávio Rodrigues e o fato que pode levar a nulidade do processo

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

HORA do H: VANESSA DA SILVA POLLARI, NUTRICIONISTA ESPECIALISTA EM OBESIDADE


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.