Siga o Portal do Holanda

O desmanche da teia dos carteis e as eleições de 2018

Publicado

em

O tabuleiro eleitoral para 2018 no Amazonas está mais que nunca condicionado ao desmanche da teia de cartéis da corrupção descoberta pelas investigações da força tarefa da Lava Jato. Com a entrada do Cade nas investigações financeiras, ficou agora demonstrada a cartelização política e econômica das grandes obras federais em todo o país. Cinco delas, no Amazonas.

Nas contas do Cade são 30 cartéis de empreiteiras que, entre outras ações ‘repartiram’, num esquema onde todas saíram lucrando,  as arenas da Copa de 2014, e segundo um delator da Gutierrez, o loteamento das obras foi realizado logo que o Brasil foi escolhido sede da Copa.

A prisão do ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, um dos ‘raios’ da teia que ficou desprotegido por não ter foro privilegiado, tende a gerar um efeito dominó nos Estados onde já existem investigações em andamento.

GEDEÃO, DE NOVO

O Pleno do TCE-AM aprecia nesta segunda-feira 38 processos – entre eles a prestação de contas do vereador eleito e ex-secretário de Educação, Gedeão Vieira, relativa ao exercício 2012.   O ex-secretário é um velho conhecido do TCE. Há pouco mais de um ano, o Tribunal  julgou a prestação de contas exercício de 2007 de Gedeão, e a decisão foi pela irregularidade. O ex-secretário recebeu mais de R$ 1 milhão em multas e glosa, juntamente com a ex-secretária-executiva e ordenadora de despesas Marly Honda de Souza. Honda  também foi condenada a devolver R$ 2,3 milhões, juntamente  com a empresa M.M Engenharia. Recorreram e nenhum tostão foi devolvido aos cofres públicos até hoje

PT QUER MUDAR

Para debater novos rumos do PT no Amazonas, a tendência “Mensagem do Partido” liderada pelo deputado José Ricardo, realiza hoje, às 14h, no Auditório da Escola Normal Superior da UEA, o Encontro “Muda PT”/Amazonas. O debate terá como convidada a deputada federal Erika Kokay (PT/DF), que presidiu a CPI da Exploração Sexual na Câmara dos Deputados e foi membro ativo da Comissão de Direitos Humanos. Depois do desastre no governo federal e da derrota expressiva nas eleições municipais deste ano, José Ricardo agora concorda que “o PT precisa mudar”.

ARRECADAÇÃO EM QUEDA

O Amazonas, que é o quarto maior arrecadador de imposto de petróleo e gás natural, atrás de Rio, São Paulo e Espírito Santo, já perdeu de janeiro a outubro deste ano pouco mais de R$ 28 milhões, por conta da queda na arrecadação dos royalties. Segundo a ANP, no mesmo período do ano passado a arrecadação do Estado alcançou R$ 163, 624 milhões, e neste ano ficou em R$ 135,529 milhões. No Brasil a queda foi de 29%, equivalente a R$ 5,8 bilhões no período.

PRENDENDO SÉRGIO MORO

Afinado com o presidente do Senado, Renan Calheiros, na chamada ‘operação abafa’ contra as ações da justiça movidas pela Lava Jato, o ex-presidente Lula protocolou ontem, diretamente, uma queixa-crime contra o juiz Sérgio Moro, por abuso de autoridade contra sua pessoa. Na petição, os advogados de Lula pedem a condenação do juiz a dez dias a seis meses de detenção, além de outras sanções civis e administrativas que incluem a suspensão do cargo e sua demissão. No senado, Renan mobiliza senadores para a aprovação do projeto de lei 280, Lei de Abuso de Autoridade, que permite que quem investiga seja processado polo investigado.

SEGUNDO COLOCADO PODE ASSUMIR EM TABATINGA

Segundo colocado das eleições de 2016 em Tabatinga, Carlos Donizetti, do PSDC, poderá assumir o comando da Prefeitura local em 1º de janeiro de 2017, depois da decisão da Câmara Municipal, na quinta-feira (17), confirmando sentença de condenação do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) à prestação de contas do ex-prefeito Saul Bermeguy (PSD) referente ao exercício de 2009.

@@@

 A matéria, na verdade, atingiu o seu trânsito em julgado em 2014, segundo o advogado Antônio Braz, que afirmou à coluna não entender como Saul pôde participar da disputa eleitoral deste ano com a sua ficha suja na Justiça Eleitoral.

@@@

Braz explica que em 2015 Saul ingressou com um pedido de revisão junto ao TCE, apesar do trânsito em julgado da matéria. Na época, a conselheira Yara Lins emitiu parecer aprovando o pedido com ressalvas. Finalmente, na quinta, a Câmara julgou o parecer que poderia ser derrubado por maioria simples, o que aconteceu com o placar de 6 a 5 em favor de Donizetti.  

 

+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Para compartilhar esteconteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.