×
MENU
 E se Braga e Omar não tiverem cometido  pecado...

E se Braga e Omar não tiverem cometido pecado...

As delações estão ficando perigosas à medida que as provas, que seriam oferecidas contra os acusados, não aparecem.  No caso específico das supostas propinas pagas a politicos durante as obras da ponte Rio Negro, um executivo disse que ouviu de outro executivo que R$ 1 milhão teria sido destinado ao ex-governador Eduardo Braga( ou a seu sucessor, Omar Aziz).  É um "disse que disse que disseram" extremamente danoso ao principio da presunção da inocência - que é regra, não exceção a qualquer infração penal. Na prática, o método aplicado as delações e o tratamento dado a elas, com ampla publicidade de seu teor, constitui um tribunal de exceção, com julgamentos hora a hora, dia a dia, pela mídia. Todos os citados, ainda que venham provar eventual inocência, já foram politica e moralmente condenados. 

 PELO OBITUÁRIO...

Conhecido o ‘obituarista’ do plenário, o deputado Serafim Corrêa(PSB-Am),  lembrou os 32 anos do falecimento do ex-presidente da República Tancredo Neves, em 21 de abril de 1985. Além político de destaque no cenário político nacional, Tancredo foi quem assinou o decreto de refundação da Ufam, quando ele era primeiro-ministro do Brasil, em 1962. “Como chefe do Governo à época, Tancredo assinou a lei que recriou a Ufam e a universidade não tem hoje sequer uma sala com o seu nome”.

DEPUTADO DIZ QUE MELO É O CARA

Comentando o desempenho do governador José Melo à frente do governo no período da crise, o líder Sabá Reis disse que não adianta os ‘inimigos’ tentarem criar situações negativas contra ele. “O Melo ganhou o primeiro e o segundo turno eleitoral, ganhou o terceiro e vai ganhar o quarto turno na justiça. Mas ele não pode descuidar, por isso o Melo não tem o direito de dormir. Se bobear ela dança.”

ALEXANDRE MORAES CIDADÃO

A Assembleia Legislativa discutiu ontem a concessão da cidadania amazonense ao ex-ministro da Justiça, Alexandre Moraes, membro do Supremo Tribunal Federal (STF).
A propositura,  do deputado estadual Josué Neto (PSD), dividiu os parlamentares. Serafim Correa(PSB), indagou: "que fez esse senhor pelo Amazonas, para merecer o título de cidadão do amazonense? ".

AERO CLUBE VAI SAIR

Segundo o deputado Sabá Reis (PR), a saída do Aeroclube da área urbana da cidade de Manaus será tratada pessoalmente por ele e o governador José Melo neste final de semana.
@@@
“Agora, isso ou vai ou racha”, disse Reis à coluna. Ele levará a Melo o resultado de recente encontro de empresários com os deputados Luiz Castro (Rede) e Wanderley Dallas (PMDB) sobre a questão.

GESTA E A MEDALHA
 
Considerado o maior incentivador e realizador no desporto do Amazonas, o amazonense Roberto Gesta de Melo, vai dar nome à Medalha do Mérito Esportivo, cuja proposta de criação foi apresentada em projeto de lei da deputada Alessandra Campêlo. Gesta presidiu a Confederação Brasileira de Atletismo por 27 anos e foi também presidente da Sulamericana e membro do conselho da Associação Internacional de Federações de Atletismo. Hoje se dedica ao seu museu olímpico particular, que possui objetos de todas as edições dos Jogos Olímpicos da Era Moderna.
 

Assuntos: Braga, omar, Lava Jato