Siga o Portal do Holanda

O caso Adail Filho e a Justiça

Publicado

em

As denúncias envolvendo mensalinho supostamente pago a  vereadores e atraso em pagamento de precatórios em Coari chegaram ao Judiciário com uma forte dose de veneno.  Há excessos no pedido do Ministério Público e grupos de interesse  agindo nas sombras de forma afrontosa, como se fossem capazes de influenciar uma decisão extrema, que leve ao afastamento e prisão do atual prefeito.

Nada mais intempestivo e abusivo.  Por isso cabe ao magistrado mais do que isenção - um debruçar sobre o caso, neutralizar as toxinas que podem afetar sua decisão e o resultado será a justiça com seu soro saneador.

É oportuno  lembrar a advertência feita nesta quarta-feira  no Senado pelo novo procurador Geral da República, Augusto Aras, sobre o papel dos órgãos de controle e do próprio Judiciário, porque atual e pode levar a uma profunda reflexão de todos aqueles interessados na justiça:   

“Os membros do Ministério Público e do Judiciário podem muito, mas não podem tudo. O tudo está limitado pela Constituição. Nós precisamos disto, desta compreensão. O nosso pacto social recomenda que sejamos escravos da lei para que não sejamos escravos dos homens”.

Salutar isso.  E bom para reflexão deste caso relativo a Coari.


+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

HORA DO H: CAPITÃO ALBERTO NETO, DEPUTADO FEDERAL


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.