Siga o Portal do Holanda

'Pequeno terrorista' que ameaçava colegas de morte em escola de Manaus nasceu dentro de casa

Publicado

em

O jovem aluno que ameaçou praticar uma chacina na escola que frequenta em Manaus  foi apanhado na ‘rede sombria’ alimentada por uma sociedade doente e perturbada. A ‘imitação do mal’ está se transformando num ideário coletivo graças aos milhões de perfis que se dedicam a expandir a  rede de ódio.

Quem conhece a  escola onde o jovem estuda sabe o histórico de conflitos entre estudantes e professores. Estudantes que entram armados em sala de aula, professores que se rendem a uma violência explicita que não conseguem dominar. Resultado: o ensino é quase nulo.  Se dentro de sala de aula há  conflitos diários e violência explícita, fora  o domínio é do crime organizado.

A  quadra de esportes não é mais da escola Professor Roberto Vieira. É do tráfico - gente do submundo do crime que também pratica esporte nas “horas vagas”  e marca território.

Mas se a escola adoeceu, o vírus da morte moral não nasceu nela. Saiu de dentro de casa, das relações cada vez mais difíceis entre pais e filhos.

Frustração é o resultado de tudo isso e o que alimenta  o processo de mutação do vírus que se expande a partir das redes sociais. Quando alguém avisa que novas  cepas  vão ser espalhadas e contaminar nossos filhos, a gente  tem tempo de agir  preventivamente, como no caso da escola Professor Roberto Vieira. O problema é quando elas se espalham furtivamente, causando morte e dor. 


+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

HORA do H: VANESSA DA SILVA POLLARI, NUTRICIONISTA ESPECIALISTA EM OBESIDADE


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.