Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Em Manaus, rede municipal vai oferecer aulas a crianças indígenas venezuelanas

Publicado

em

Manaus/AM- Crianças indígenas venezuelanas, da etnia Warao, começarão as aulas na rede pública de ensino a partir do segundo semestre deste ano. O formato do atendimento educacional, local, escolha de professores da própria etnia para um ensino bilíngue, dentre outros assuntos relacionados ao tema foram discutidos durante reunião, nesta sexta-feira, 2, na sede da Secretaria Municipal de Educação (Semed), entre representantes da Gestão Educacional e da Gerência de Educação Escolar Indígena (Geei) do órgão e Ministério da Educação (MEC).

A intenção da Prefeitura de Manaus é oferecer um ensino humanizado e que respeite a cultura, língua materna e tradição indígena da etnia Warao, assim como já é desenvolvido com os estudantes indígenas atendidos pela rede pública municipal de ensino da capital amazonense. A iniciativa, por meio da Semed, tem apoio do governo federal, por meio do MEC.

Conforme reunião entre o secretário Nacional de Educação Básica do MEC, Rossieli Soares, a secretária da Semed, Kátia Schweickardt, a subsecretária de Gestão Educacional, Euzeni Trajano, e a gerente da Geei, Altaci Rubim, dentre as ações iniciais, há a criação de salas de aula nos abrigos onde os indígenas estão sendo atendidos. Elas funcionarão nos turnos matutino e vespertino, com turmas multisseriadas. Haverá ainda a seleção de professores bilíngues, com carga horária de 40h. Dos mais de 400 waraos em Manaus, 254 foram para o Serviço de Acolhimento Institucional de Adultos e Família, no Coroado, na zona Leste, e os demais estão no centro da capital.

 

Palanque eleitoral contaminado por tentativa de manipular órgãos de controle

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.