Siga o Portal do Holanda

DJ preso

Defesa de Rennan da Penha vai pedir liberação do DJ após decisão do STF

Publicado

em

Foto: Reprodução/Instagram

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A defesa de Rennan da Penha, uma das figuras mais importantes do funk 150 BPM, vai pedir a soltura do DJ, que está preso no Rio de Janeiro desde abril. O funkeiro foi condenado a seis anos e oito meses em regime fechado por associação para o tráfico de drogas.

"Estamos aguardando a publicação da ata do julgamento de ontem do Supremo Tribunal Federal. Tão logo isso ocorra, entraremos com pedido de soltura junto ao STJ", informa o empresário do DJ, Billi Barreto.

a iniciativa vem após a decisão do Supremo Tribunal Federal da última quinta-feira (7), de que um condenado só pode ser preso após o trânsito em julgado (quando se esgotam os recursos). Desde 2016, a jurisprudência tem permitido a prisão logo após a condenação em segunda instância.

Assim como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o DJ deve ser um dos 5.000 presos que, segundo o CNJ (Conselho Nacional de Justiça), podem se beneficiar da decisão do STF.
 


Rennan da Penha até chegou a ser inocentado em primeira instância, mas acabou condenado em segunda instância, depois de recurso do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ).

A condenação se sustenta no depoimento de uma testemunha que disse que ele "é conhecido como DJ dos bandidos" e em outra que cita mensagens que Rennan teria trocado, avisando que "o Caveirão está subindo pela rua X".

Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro (OAB-RJ) repudiou a decisão da Justiça, dizendo que se tratava de uma tentativa de "criminalização da arte popular".

Desde que Rennan foi preso, diversos nomes do funk e da música manifestaram pedidos de liberdade para o DJ. O mais recente deles aconteceu no Prêmio Multishow, do qual ele ganhou a categoria canção do ano, com a música "Hoje Eu Vou Parar na Gaiola", uma parceria com o MC Livinho.

Rennan da Penha é um dos precursores do funk 150 BPM (mais acelerado), nacionalmente conhecido pelas músicas "da Gaiola", na voz do MC Kevin O Chris.

O DJ, inclusive, é o idealizador do Baile da Gaiola, que já chegou a reunir 25 mil pessoas em uma única noite na Vila Cruzeiro, uma das favelas da Penha.

O funkeiro de 26 anos também concorre a um prêmio de melhor videoclipe no próximo Grammy Latino. Ele está indicado à categoria com o vídeo de "Me Solta", parceria com Nego do Borel.

Sobre a chacina de sábado em Manaus: 'Ainda tem alguém vivo aí dentro dessa casa?'

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

ABFO: SOMMELIER EMIL LECAMP, GERENTE DE MARKETING IMPORTADORA CANTU


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.