Siga o Portal do Holanda

Short tipo Anitta

Revoltada, Anitta rebate motorista de Uber que ‘justificou assédio’ por roupa da vítima

Publicado

em

Foto: Reprodução Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A sala rosa do PS 28 de Agosto


Anitta se pronunciou após o motorista da Uber, acusado de assediar uma adolescente de 17 anos, dizer que a vítima usava ‘short tipo Anitta’, tentando justificar o crime. A declaração dele gerou revolta.  

“Acabei de receber este vídeo onde o motorista de uber que assediou uma passageira menor de idade tenta justificar o injustificável (seu assédio) dizendo que a menina estava usando um short "tipo Anitta" e sentada numa posição favorável ao assédio”, escreveu ela no Twitter.

E continuou: "NADA justifica um assédio. A forma de se vestir, sentar, falar etc não significa qualquer autorização ou pedido ou convite a ser assediada e/ou invadida, abusada, estuprada etc.”.

Por fim a cantora comenta sobre o termo usado pelo uber: "Quanto à menina estar usando um short "tipo Anitta", pra mim significa que ela é independente, não tem medo de ser quem ela quer e, acima de tudo, bem inteligente pra denunciar e expor um assediador para que outras meninas não passem pelo mesmo que ela”, disparou. 




Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.