Siga o Portal do Holanda

Zona Franca

Indústrias da Zona Franca de Manaus fecham agosto com mais 87 mil postos ocupados

Publicado

em

Manaus/AM - Com faturamento de R$ 65,08 bilhões no acumulado de janeiro a agosto de 2019, o Polo Industrial de Manaus (PIM) alcançou crescimento de 7,53% em relação ao mesmo intervalo do ano passado, quando havia faturado R$ 60,53 bilhões. Impulsionado, principalmente, pelo desempenho dos segmentos Eletroeletrônico, Bens de Informática do Polo Eletroeletrônico, Duas Rodas, Termoplástico e Metalúrgico, o PIM segue caminhando firme para consolidar, ao final de 2019, o seu melhor resultado, pelo menos, dos últimos seis anos.

Mais empregos

O parque industrial manauara também presenciou alta na geração de empregos no mês de agosto, quando contou com 87.027 vagas ocupadas nas fábricas, entre trabalhadores efetivos, temporários e terceirizados, equivalendo a uma variação positiva de 0,46% (mais 397 postos de trabalho) em relação ao mês de julho. No intervalo de janeiro a agosto, a média mensal de empregos do PIM ficou definida em 86.535 trabalhadores.

Entre os principais produtos fabricados pelo PIM que apresentaram incremento na produção no período de janeiro a agosto deste ano, destaque maior para aparelhos condicionadores de ar do tipo split system, com 2,5 milhões de unidades produzidas e crescimento de 50,42%; telefones celulares, com 9,7 milhões de unidades produzidas e crescimento de 0,26%; motocicletas, motonetas e ciclomotores, com 744,7 mil unidades produzidas e crescimento de 5,6%; bicicletas, com 594,9 mil unidades produzidas e crescimento de 19,74%; e televisores com tela de cristal líquido, com 8,5 milhões de unidades produzidas e crescimento de 3,98%.

A lista inclui, ainda, itens como autorrádio e aparelhos reprodutores de áudio (+7,63%), câmeras fotográficas digitais (+41,41%), fornos microondas (+10,08%), aparelhos receptores de posicionamento global por satélite GPS (+6,14%) e aparelhos de barbear (+61,47%).

Impacto positivo

O superintendente da Suframa, Alfredo Menezes, demonstra confiança de que o Polo Industrial de Manaus continuará em trajetória ascendente neste segundo semestre. Em sua opinião, a agenda de reformas macro e microeconômicas promovidas pelo governo federal já está causando impactos positivos no mercado nacional, onde são consumidos aproximadamente 98% dos produtos fabricados pelo PIM.

“As reformas e medidas de facilitação e modernização do governo federal, aliadas aos investimentos chancelados neste ano pelo Conselho de Administração da Suframa (CAS), às medidas de simplificação na análise e na fixação de Processos Produtivos Básicos (PPBs) para a indústria da ZFM e à alteração dos principais marcos regulatórios para a implantação de projetos industriais e agropecuários na região impulsionarão novos negócios no PIM e, consequentemente, melhores resultados para as empresas e maior geração de emprego e renda para a população”, avaliou Menezes.

10 mil novos servidores vão entrar no governo pela porta dos fundos

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.