Siga o Portal do Holanda

Julgamentos e audiências podem ser adiados

Agentes penitenciários ameaçam suspender escoltas de detentos de presídios federais

Publicado

em

Manaus/AM - Agentes penitenciários dos quatro presídios federais do Brasil, estão programando uma paralisação nos procedimentos de escoltas de detentos a partir do próximo dia 20 de julho.

De acordo com o site Uol, a categoria exige melhores condições de trabalho, aumento salarial e reclama dos ataques de facções aos quais ficam expostos durante o transporte dos presos.

Na semana passada, representantes dos agentes se reuniram e aprontaram um documento ao governo, onde solicitam a “contrapartida financeira” e se recusam a realizarem escoltas em seus dias de folga. Segundo eles, a maioria não são programadas com antecedência e os agentes são acionados a qualquer momento.

Caso a medida seja levada adiante e o trabalho seja suspenso, audiência de julgamentos podem devem ser adiadas e terão o andamento dos processos comprometidos. Os presídios federais localizados nas cidades de Catanduvas (PR), em Campo Grande (MS), em Mossoró (RN) e em Porto Velho (RO), abrigam os maiores chefes de facções do país, como João Branco e Gelson Lima Carnaúba da FDN, Fernadinho Beira-Mar, do Comando Vermelho e Marcola, do Primeiro Comando da Capital (PCC).

Saiba por que você deve ser contra a prisão em segunda instância

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.