Siga o Portal do Holanda

Agenda Cultural

Estação Primeira de Mangueira realiza Feijoada Verde e Rosa em Manaus neste domingo

Publicado

em

Foto: Divulgação Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Carta aberta a Arthur e Wilson Lima


Manaus/AM - Duas nações se unem em verde e rosa: GRES “Estação Primeira de Mangueira” e GRES “Vitória Régia”, cariocas e amazonenses fazem pela primeira vez a Feijoada Verde e Rosa, que acontece no dia 1° de dezembro, na quadra da Escola de Samba Vitória Régia (rua Emílio Moreira, Praça 14 de Janeiro), a partir das 12h.

Os ingressos para participar da festa já estão à venda na bilheteria da quadra da escola de samba om preços promocional de meia entrada de R$ 35 pista “Palácio do Samba (somente acesso) ou R$ 75 para o combo de feijoada, camisa e copo. Mas para quem gosta de lugares exclusivos podem adquirir o camarote “Sou Mangueira” ao preço de R$ 135 camarote “Sou Mangueira” com kit feijoada, camisa, copo e open bar de cerveja, água e refrigerante, até às 18h.

A parceria musical entre cariocas e amazonenses terá ainda o show do projeto “Roda com Elas", que reúne as cantoras Lucilene Castro, Márcia Siqueira, Fátima Silva e Cláudia Trindade. Um show somente com mulheres com uma longa trajetória no samba amazonense.

Elas prometem, que durante o show o público terá diversão garantida com um repertório que vai mesclar sambas enredo das escolas “verde e rosa”, Mangueira e Vitória Régia, e ainda a música que dá título ao show como “Roda com Elas”, de autoria de Júnior Rodrigues e Pedro Donádio; “Ah! Como eu Amei”, composta por J Veloso e Ney Veloso, sucesso gravado por Benito de Paula e “Moleque Atrevido”, feita por Jorge Aragão e Paulinho Resende, e muitas outras, que totalizarão 11 músicas.

Samba de Raiz

Formado pela primeira geração de ritmistas da GRES Vitória Régia, o grupo Couro Velho será outra atração da Feijoada Verde e Rosa. Durante o evento, eles vão apresentar os sambas antológicos que fizeram história na trajetória musical brasileira e de gente como João Nogueira, Alcione, Clara Nunes e também de Zeca Pagodinho.

O grupo começou apenas como uma brincadeira, e hoje o samba de raiz é levado a sério, e eles vão fazer uma grande roda de samba. Formado por vários ex-ritmistas, que começaram a sua trajetória há mais de 15 anos com a primeira formação que chamava Batuque de Ouro.

Outra atração será o grupo Vem K Sambar, que promete um show com muito samba de raiz. “Faremos um show especial com canções especiais e ainda vamos fazer um tributo ao Reinado, o príncipe do pagode, que faleceu recentemente”, disse empresário do grupo Anderson Souza.

O grupo Vem K Sambar tem 10 anos de formação e recentemente participou ao vivo na FM O Dia do Rio de Janeiro. Eles lançaram recentemente a música “Juntos Até o Fim”, que está disponível em todas as plataformas digitais. Eles possui um DVD homônimo que foi gravado na roda de samba “Amor Eu Vou Dormir”, que está disponível no Youtube.

*Atração principal*

A Estação Primeira de Mangueira traz para Manaus o intérprete Marquinho Art e Samba, a rainha da bateria Evelyn Bastos, o mestre-sala e porta-bandeira Matheus e Skel, o mestre Wesley com a bateria “Tem que respeitar meu Tamborim”.

Além das atrações nacionais a DJ Rafa Militão comanda os intervalos e também um show exclusivo da GRES Vitoria Régia e a recepção d os pavilhões das escolas de samba amazonenses.

 




Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.