×
MENU

Caravana Azulada chega sábado a Parintins

Foto: Reprodução

A emoção de viajar de Manaus até Parintins de barco, por si só, já é uma experiência que encanta, apaixona e deixa lembranças que ficam enraizadas na retina dos viajantes. Quando essa viagem é feita em um barco repleto de amantes do Boi Caprichoso, ao som de muita toada, com a energia inconfundível dos torcedores azulados, tanto a ida quanto a volta da Ilha Tupinambarana tornam-se únicas e inesquecíveis.

Assim é cada edição da Caravana Azulada, que leva brincantes do Touro Negro para Parintins tanto no Festival Folclórico, quanto em eventos especiais, como a gravação do DVD “A Poética do Imaginário Caboclo”, que acontece no dia 25 de março, no curral Zeca Xibelão.

Ansioso com a oportunidade de participar, pela primeira vez, da Caravana Azulada, o empresário Francisco Josué Santos, 42 anos, se define como um apaixonado pela cultura amazonense, em especial, pelo Boi Caprichoso. “Fui ao Festival pela primeira vez em 2013 e me encantei com tudo. Já viajei para Parintins de barco, mas nunca na Caravana Azulada. É algo que quero muito fazer. Imagino que seja uma experiência sem igual”, considerou.

Nascido em Juazeiro do Norte, no Ceará, Francisco mora, há 34 anos, na cidade de São Bernardo do Campo, São Paulo. “Meu primeiro contato com o boi foi pelas redes sociais. Depois passei a acompanhar pela televisão, sempre gostei muito, parece que já nasci Caprichoso. A verdade é que a gente não escolhe, é escolhido”, pontuou o empresário.

Ele, que espera estar em Parintins para a gravação do DVD e para o Festival 2017, afirma que não consegue mais ficar longe do Caprichoso. “Nem consigo descrever o que sinto por esse boi, já faz parte da minha vida. Conheço o Brasil quase todo, já viajei muito, mas nada se compara ao que conheci no Amazonas, em Parintins”, finalizou Francisco.

Os passaportes para a Caravana Azulada estão à venda por R$ 200 (ida, volta, alimentação e camisa), por R$ 200, no escritório do Movimento Marujada, em Manaus: rua José Clemente, 500, 3º andar, sala 304, Centro.