Siga o Portal do Holanda

Obrigação

Águas de Manaus é notificada por não informar sobre falta de água

Publicado

em

Foto: Divulgação

Manaus/AM - A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) notificou na manhã desta quarta-feira, 11, a concessionária Águas de Manaus pela ausência de comunicação aos usuários sobre o desabastecimento de água ocasionado pelo vazamento da adutora de 500 milímetros da rua Raul de Azevêdo, no bairro Santo Antônio, zona Oeste de Manaus. 

O vazamento foi identificado pela concessionária na manhã de terça-feira, 10, e os trabalhos corretivos se prolongaram até a tarde desta quarta-feira, no entanto, a empresa, conforme registros da Ouvidoria da Ageman, não comunicou amplamente o problema aos usuários dos bairros e comunidades afetadas com o desabastecimento.

No bairro de Santo Antônio, os moradores somente tomaram conhecimento dos motivos da falta d´água quando avistaram as máquinas nas ruas e o buraco aberto pela concessionária para conter o vazamento. 

O presidente da Ageman, Fábio Alho, destaca que o Contrato de Concessão dos serviços de abastecimento de água e de esgotamento sanitário, celebrado entre a Prefeitura de Manaus e a empresa Águas de Manaus, e seus respectivos aditivos, determina que é obrigação da concessionária promover amplo aviso prévio e medidas mitigadoras no sentido de reduzir os impactos da falta da prestação do serviço junto aos usuários. 

“Identificamos que o reparo dessa adutora se prolongou por mais tempo do que se esperava e o usuário não foi devidamente informado pela empresa sobre os prazos de restabelecimento do serviço ou de eventuais medidas tomadas. Recebemos em nossa ouvidoria e nos nossos canais de comunicação diversas reclamações e com a nossa cidade enfrentando dias muito quentes tudo se agravou. Estamos notificando a concessionária para que ela nos explique as providências tomadas em relação aos fatos denunciados pelos usuários e constados pela agência”, afirmou Fábio. 

Conforme a notificação, a empresa tem um prazo de dez dias para esclarecer os fatos junto à Ageman.

Ponta Negra

Além do problema ocorrido no bairro Santo Antônio, a equipe da Ageman também acompanhou o reparo feito na rede de 150 milímetros na avenida Coronel Teixeira, na Ponta Negra, e que apresentou vazamento ainda na terça-feira, 10. O serviço foi concluído na tarde de ontem e o fornecimento de água tratada para as áreas adjacentes já foi normalizado.

Agenda oculta de Bolsonaro: acabar com a Zona Franca de Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.